Criação e gestão de VPS’s com o Moss.sh

Criação e gestão de VPS's nos principais serviços como a DigitalOcean, Vultr, Amazon EC2 ou Google Cloud, com o Moss.sh
Criação e gestão de VPS's nos principais serviços como a DigitalOcean, Vultr, Amazon EC2 ou Google Cloud, com o Moss.sh

O processo de criação e gestão de VPS’s pode ser um pouco assustador, para quem é estreante neste tema.

Existem mil e uma razões para algo correr mal, no que toca a manter o vosso servidor estável e seguro.

Para facilitar este mesmo processo existe o Moss.sh.

Este serviço permite criar (nas plataformas indicadas) e gerir qualquer tipo de VPS, facilitando assim, a execução de quase todas as principais tarefas realizadas numa VPS.

Funcionalidades do Moss.sh

Algumas das principais funcionalidades presentes no Moss.sh:

Configuração do Moss.sh

Para começar devem de criar uma conta no serviço Moss.sh.

Nele vamos criar um novo Workspace:

O nome fica à vossa escolha, com o Workspace criado vamos adicionar um novo servidor.

Caso o vosso servidor seja disponibilizado por algum dos seguintes serviços (DigitalOcean, Vultr, Google Cloud, Amazon EC2), devem de aceder à aba Integrations e ligar a conta ao Moss.sh.

Caso contrário podem prosseguir com a criação do servidor.

Aqui vamos escolher o Provider, a escolha de um dos serviços listado irá permitir criar o próprio servidor, caso contrário podem associar um servidor já criado.

O processo de adição do servidor necessita de alguns dados relacionados com o vosso servidor, neste caso devem de inserir o Host, que corresponde ao IP da máquina, a Timezone, a adição de chaves SSH e o nome da máquina.

É ainda possível habilitar a criação do Swap no sistema existente na VPS.

O processo de criação irá demorar alguns minutos, consoante as especificações da vossa VPS, no fim deverão de ter algo assim:

Agora que o servidor encontra-se configurado, vamos criar um novo website.

O processo de criação é bastante similar ao da adição do servidor, nele devem de escolher qual o servidor a usar, bem como a Framework em questão e a versão de PHP.

no caso de escolherem a instalação do WordPress, será solicitada a informação necessária para aceder ao backoffice do WordPress.

É ainda necessário criar um novo User, responsável por gerir o software instalado na VPS.

Neste momento a vossa VPS encontra-se pronta a usar, com o serviço escolhido.

Para cada website criado é possível gerir os domínios associados ao mesmo

Bem como automatizar a Deployment de projectos a partir de um repositório

Ou a criação de base de dados e as suas respectivas contas de acesso

Entre muitas outras funcionalidades.

O Moss.sh encarrega-se de manter o sistema actualizado e seguro.